DEFESA ANIMAL: Dr. Leonardo tenta impedir fechamento de sete barreiras sanitárias do Indea na fronteira com a Bolívia

March 5, 2020

 


 

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) quer impedir o fechamento de sete barreiras sanitárias do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea MT) em Cáceres e toda divisa de Mato Grosso com a Bolívia. Em reunião, nesta quinta-feira (05.03), com o Secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes Cordeiro, o parlamentar entregou a solicitação e apresentou números que sustentam a importância da manutenção dos postos de fiscalização na região.
 

O parlamentar ressaltou que o pedido se baseia em relatórios que atestam a “extrema necessidade e os relevantes trabalhos exercidos em toda região”. A unidade atende não só Cáceres, mas outras cidades que fazem fronteira com a Bolívia, como é o caso de Comodoro, Pontes e Lacerda, Porto Espiridião e Vila Bela da Santíssima Trindade. Atualmente, cinco dessas barreiras estão funcionando: Corixinha, Fortuna, Las Petas, Ponta do Aterro e Marphil. As barreiras de Corixa e Avião Caído estão com atividades suspensas.
 

 “Os municípios vêm se desenvolvendo como nova fronteira agrícola do Estado. O mais preocupante é o desamparo à execução da política estadual de defesa agropecuária, no que se refere à vigilância e defesa sanitária animal e vegetal, inspeção, fiscalização e classificação da produção vegetal”, informou Dr. Leonardo em ofício.
 

Ele observou a necessidade de manter o controle efetivo do trânsito de animais, vegetais, seus produtos e subprodutos, visando proteger a sanidade animal e vegetal em todo território mato-grossense.

O secretário-executivo do Mapa afirmou que tratará da demanda com a ministra Ministra Tereza Cristina e que, por intermédio do deputado Dr. Leonardo, o órgão buscará uma solução com o Governo de Mato Grosso.
 

 “Fechar as sete unidades que prejudica o Indea de desempenhar sua função em toda região que é promover na agropecuária mato-grossense a certificação sanitária de origem que garanta a competitividade para o setor, protegendo o meio ambiente e a saúde de produtores e consumidores”, finalizou o deputado.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Deputado Dr. Leonardo destina R$ 250 mil para saúde de Água Boa

January 13, 2020

1/1
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo